Neologia tradutória

Patrícia Ramos Reuillard, Cleci Regina Bevilacqua

Resumo


Com este artigo, procuramos estabelecer uma correlação entre os processos neológicos e a atividade de tradução. Para tanto, apresentamos um breve panorama dos estudos sobre a neologia primária, retomando os teóricos mais importantes nessa área. A partir dos princípios da neologia tradutória, postulamos, em um segundo momento, a necessidade de uma maior implicação do tradutor diante dos neologismos e oferecemos alguns exemplos para corroborá-lo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.55456

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com