Meninos do Cense: Práticas e discursos de inclusão/exclusão

Raquel Ribeiro Moreira

Resumo


Este trabalho tem como objetivo de pesquisa os modos de determinação e de tratamento de adolescentes em conflito com a lei internados. Para tanto, trabalharemos com as construções imaginárias que os funcionários de um centro de socioeducação fazem dos adolescentes ali internados, observando como se constroem os processos de identificação, e consequente estigmatização, dos jovens que infracionaram. Com isso, estamos procurando tratar das determinações históricas na construção de determinada identidade, ou seja, estamos tratando da construção de posições-sujeitos. Desse modo, as imagens que se fazem, então, do adolescente internado, pelos funcionários do Centro, como posições de sujeito discursivamente significativas no interior de determinada FD, se constroem também a partir da imagem que estes têm da instituição, configurando, ao mesmo tempo, a condição ideológica de sujeito debilitado e de instituição redentora.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2594-8962.55188

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Conexão Letras - Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Instituto de Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Bairro Agronomia

CEP: 91540-000

www.seer.ufrgs.br/conexaoletras

E-mail de contato: revistaconexao.letras@gmail.com