RASURAS DO PROCESSO CRIATIVO EM DANÇA

IZABELA LUCCHESE GAVIOLI

Resumo


O conceito de rasura criativa, já proposto por Cecilia Salles para artes teatrais e literárias, é aqui transbordado para a dança, buscando nas neurociências e em outros conceitos cênicos um sentido para a composição do movimento. A pré-expressividade e as ferramentas corporais do bailarino, somadas ao lastro conceitual do coreógrafo, oferecem uma contribuição inestimável à obra e, mais que isto, um traço inimitável.


Palavras-chave


Dança; Corpo; Memória; Experiência; Processo Criativo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.