Os processos de formação da criança-ator

TIAGO BRITO CRUVINEL

Resumo


Este artigo sugere que a formação do ator deva ser pensada desde a infância. Trata-se de um estudo para se aprofundar as questões que envolvem os processos de criação das cenas realizadas por crianças-atores em contextos universais. O objetivo é refletir sobre o que é singular na formação de uma criança e quais são os pontos de contato com a formação de um ator adulto. Utiliza-se como exemplo e estímulo visual o espetáculo Les Éphémères de Ariane Mnouchkine, do Théâtre du Soleil, e o curta-metragem O Menino e o Mendigo, filmado em Brasília-DF, linguagens completamente diferentes, mas que auxiliam a discussão sobre os processos que envolvem a formação artística das crianças no teatro profissional e no cinema.

 


Palavras-chave


Criança; Atuação; Formação; Preparação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.