As múltiplas genealogias de clownear-palhaçar

Patrícia Sacchet

Resumo


Este artigo apresenta as múltiplas genealogias clownescas como sendo imprescindíveis para a intensidade e a sobrevivência da arte de clownear-palhaçar. A partir da recusa da ideia de uma "única e verdadeira" origem, abre-se à possibilidade de conceber vários começos para os clowns-palhaços. O conceito de rizoma de Deleuze e Guattari permite a concepção de um tecido vivo de relações entre tempos, espaços e culturas que serve como nutriente de artistas e suas figuras cômicas através dos tempos.

Palavras-chave


Múltiplas genealogias; rizoma; clownear; palhaçar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.