n. 29 (2019)


Array

Na imagem, Paulo Farias e Rossendo Rodrigues em foto do espetáculo Morredeiro, que integra o memorial crítico-reflexivo Morredeiro: a corporalidade perturbadora numa criação cênica de horror, de Paulo Roberto Farias, defendido em 2019 no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFRGS, com orientação da profa. dra. Mirna Spritzer.

Foto de Maurício Casiraghi.