O TEATRO DE BRECHT EM DOIS GESTUS DE HELENE WEIGEL

Ana Paula Pedroso de Oliveira

Resumo


Brecht acreditava na mudança. Para ele fatal era não aprender. Na busca por seu teatro, em todos os aspectos, foi um experimentador. No caso de “Mãe Coragem e seus filhos”, os modelos revelam o quanto os gestus de Helene Weigel demonstram a atitude crítica da atriz, e, ao mesmo tempo, a
alienação a que está submetida sua personagem. Este artigo traz um breve resumo do teatro de Brecht e do gestus em quanto revelador.

Palavras-chave


Brecht, Teatro, Gestus

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-3254.9055





REVISTA CENA

Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas
Rua General Vitorino, 255
Centro - Porto Alegre - RS - 90020-171

  

revistacena@ufrgs.br
(51)3308.4380