O TEATRO DE REVISTA E A VALORIZAÇÃO DA PRESENÇA FEMININA NOS PALCOS NA DÉCADA DE 1920

Renata Cardoso da Silva

Resumo


O presente artigo trata da crescente valorização da presença feminina nos palcos do teatro de revista observada a partir de 1920. São abordadas também a participação das mulheres na esfera social, e a atuação da atriz Margarida Max, que ficou conhecida como uma das maiores vedetes do início do século XX.

Palavras-chave


teatro de revista, emancipação feminina, Margarida Max

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-3254.61199





REVISTA CENA

Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas
Rua General Vitorino, 255
Centro - Porto Alegre - RS - 90020-171

  

revistacena@ufrgs.br
(51)3308.4380