MARIA HELENA LOPES: RELAÇÕES COM A METODOLOGIA DE JACQUES LECOQ

Cláudia Müller Sachs

Resumo


A entrevista aborda a influência da metodologia de Jacques Lecoq nos processos criativos da diretora. Ela fala sobre seu trabalho com os atores a partir do corpo, seus métodos de improvisação, de criação e de construção dramatúrgica, diretamente relacionados ao conhecimento e experiência vivida naquela escola.


Palavras-chave


Direção; Improvisação; Corpo; Lecoq; Processo criativo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-3254.23485





REVISTA CENA

Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas
Rua General Vitorino, 255
Centro - Porto Alegre - RS - 90020-171

  

revistacena@ufrgs.br
(51)3308.4380