ABORDAGEM ARTÍSTICA DO TRAUMA DE GUERRA NO TEATRO POLONÊS NA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX: O EXEMPLO DO ESPETÁCULO AKRÓPOLIS DO TEATRO LABORATÓRIO DAS 13 FILEIRAS ENCENADO POR JERZY GROTOWSKI

Juliusz Tyszka, Trad. de Ana Cristine Wegner

Resumo


O presente artigo discorre sobre o teatro polonês pós segunda guerra mundial, trazendo como exemplo o espetáculo Akrópolis encenado por Jerzy Grotowski com influência direta do regime nazista para sua concepção. Embasando historicamente a situação da Polônia nesses períodos entre guerras, o artigo estabelece uma reflexão sobre as perdas e os traumas que uma guerra pode causar em um país e no seu panorama artístico-teatral.

 

Palavras-chave

Teatro Polonês. Grotowski. Trauma. Nazismo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-3254.111589

REVISTA CENA

Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas
Rua General Vitorino, 255
Centro - Porto Alegre - RS - 90020-171

  

revistacena@ufrgs.br
(51)3308.4380