O FENÔMENO PUZZLE-PUDDLE-PICKLE NA PERSPECTIVA DO MODELO DOS EXEMPLARES

Maria de Fátima de Almeida Baia, Paloma Maraísa Oliveira Carmo

Resumo


Neste estudo, apresentamos e discutimos o paradigma dos Sistemas Adaptativos Complexos (THELEN; SMITH, 1994; LARSEN-FREEMAN, 1997) com o modelo dos Exemplares (BYBEE, 2001, 2016)como uma abordagem alternativa para explicar o fenômeno puzzle-puddle-pickle (PPP), caracterizado por contextos em que a criança se mostra capaz de produzir determinado segmento, mas falha em outro. Para isso analisamos tokens de uma criança que desenvolve o português brasileiro entre 1 a 2 anos. Após análise dos dados, mostramos que se trata de um fenômeno de baixa frequência e que não tem relação com templates operantes, i.e rotinas articulatórias iniciais. Por essa razão, o modelo multirepresentacional dos Exemplares, que leva em consideração aspectos de diferentes componentes linguísticos e extralinguísticos, apresenta vantagens na sua abordagem.

Palavras-chave


Puzzle-Puddle-Pickle; Sistemas Adaptativos Complexos; Modelo dos exemplares

Texto completo:

PDF

Referências


ALTOM, M. W.; MEDIN, D. L.; MURPHY, T. D. Given versus induced category representations: use of prototype and exemplar information in classification. Journal of experimental psychology: learning, memory and cognition. v. 10, n 3. Illinois. 1984. p. 333352

BOD, R.; COCHRAN, D. Introduction to ExemplarBased Models of Language Acquisition. In: Workshop Proceedings, 2007, p.46

BRUMDEPAULA, M. R.; FERREIRAGONÇALVES, G. Léxico & gramática: uma relação de causa e efeito? Letras de Hoje, Porto Alegre, v.43, n 3, 2008, p.6980.

BYBEE, J.; CACOULLOS, Torres. Phonological and Grammatical Variation in Exemplar Models. Studies in Hispanic and Lusophone Linguistics, v.1 New Mexico. 2008, p.399413

BYBEE, J. Phonology and Language Use. Cambridge University Press, 2001.

_________ Phonological evidence for exemplar storage of multiword sequences. Studies in Second Language Acquisition, 24(2), 2002, p.215221.

_________ Usage-based grammar and second language acquisition. In: ROBINSON, P.; ELLIS, N. C. Handbook of cognitive linguistics and second language acquisition. New York: Routledge, 2008, p. 216-236.

____________.Usagebased theory and exemplar representations of constructions.Thomas Hoffman. The Oxford Handbook of Construction Grammar, 2013, p.4969

_____________Língua, uso e cognição. Tradução de Maria Angélica Furtado da Cunha. São Paulo: Cortez, 2016.

CRISTÓFARO-SILVA, Thaís. Descartando fonema: a representação mental na fonologia de uso. Minas Gerais. Editora Universitária, 2003. p. 200231

CRISTÓFAROSILVA, T.; OLIVEIRAGUIMARÃES. A aquisição de africadas alveopalatais: contribuições teóricas e metodológicas. In: FERREIRAGONÇALVES, G.; BRUMdePAULA, M. R.; KESKESOARES, M. (Orgs.) Estudos em Aquisição fonológica. Pelotas: Editora e Gráfica UniversitáriaUFPel, 2011. p.3146.

DE BOT, Kess. et alA Dynamic Systems Theory approach to second language acquisition. Bilingualism: Language and Cognition. Groningen. 2007, p 721.

DINNSEN, D. A. O'CONNOR, K. M.; GIERUT, J. A. The puzzle−puddle−pickle problem and the Duke−of−the−York gambit in acquisition. Journal of Linguistics, vol. 37, n. 3, 2001.

GERKEN, L. Language development. Arizona: Plural Publishing, 2008.

JAKOBSON, Roman. Child language, aphasia and phonological universals. Paris: Mouton, 1972 [1941

LAMPRECHT et al. Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento e subsídios para terapia. Porto Alegre: Artmed , 2004

LANGACKER, R. W. A Dynamic UsageBased Model. In: BARLOW, M. ; KEMMER, S. (Org) UsageBased Model of Language. Stanford: Califórnia. 2000.

LARSENFREEMAN, D .Chaos/Complexity Science and second language acquisition. Applied Linguistics, vol. 18, n 2. Oxford, 1997, p. 141165.

MACKEN, M. A. The child’s lexical representation: the ‘puzzle-puddle-pickle’ evidence. Journal of Linguistics, 16, 2008 [1980], p. 1-7.

MATLIN, M. Psicologia Cognitiva. Rio de Janeiro: LTC, 2004.

OLIVEIRAGUIMARÃES, D. M. L. Percurso de construção da fonologia pela criança: uma abordagem dinâmica. Tese (Doutorado em Linguística). Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

SMITH, M. The exemplar View. In: __________ Categories and Concepts. Cambridge. Harvard Press, 1981, p.143161

SMITH, N. The acquisition of Phonology. Cambridge: Cambridge University Press, 1963.

SCHWINDT, L. C. Teoria da Otimidade e fonologia. In: BISOL, L. Introdução aos estudos de fonologia do português brasileiro. 5ª ed. Porto Alegre: Edipucrs, 2010. p. 236-258

THELEN, E.; SMITH, L. B. A Dynamic Systems Approach to the Development of Cognition and Action. Cambridge, MA: MIT Press, 1994

VIGÁRIO, M., S. FROTA & F. MARTINS A frequência que conta na aquisição da fonologia: types ou tokens. In Ana Maria Brito, Fátima Silva, João Veloso & Alexandra Fiéis (orgs.) XXV Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. Porto: Associação Portuguesa de Linguística, 2010, 749- 767.

VIHMAN, M. M. Variable paths to early word production. Journal of Phonetics, 21. 1993, p.6182

VIHMAN, M.; CROFT, W. Phonological development toward a “radical” templatic phonology. Linguistics, 2007. p.683−725.

WIETHAN, F. M. et al. O paradigma conexionista aplicado às pesquisas em linguagem. Cefac, 14(5), 2012, p. 984991.




DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.93302



Direitos autorais 2019 Maria de Fátima de Almeida Baia, Paloma Maraísa Oliveira Carmo

 

Indexadores: 

      

 

     

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil

 

Bolsista (vigência 2020):

Candice Batista de Fraga