ENSINO DA ESCRITA NA ESCOLA A PARTIR DE UM GÊNERO DE TEXTO

Cleide Inês Wittke, Julia Fagundes Buchorn

Resumo


Este artigo objetiva mostrar as vantagens de trabalhar a língua via gêneros textuais (MARCUSCHI, 2010; SCHNEUWLY, DOLZ, 2010), buscando aperfeiçoar competências em leitura, oralidade e escrita. Esse ensino possibilita um procedimento metodológico como atividade social cotidiana e não como uma prática isolada de exercícios mecânicos. Com um aporte teórico interacionista sociodiscursivo (BRONCKART, 1999; MACHADO, 2005; DOLZ, GAGNON, DECÂNDIO, 2010), apresentamos uma proposta de ensino de escrita da crônica, realizada em um oitavo ano, em uma escola do sul do país. A atividade foi efetuada por uma sequência didática produzida com base no modelo didático de gênero de Dolz, Noverraz e Schneuwly (2010). Embora o dispositivo didático seja simplificado e realizado em curto período de tempo, os resultados se mostraram bastante produtivos.


Palavras-chave


Português;Escrita; Sequência Didática

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.83300



Direitos autorais 2018 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil