Discurso, política e espetáculo: ascensão e queda do sujeito político Roseana Sarney em Veja

Jakeline Jesus Abade

Resumo


Neste artigo, analisamos a espetacularização da imagem de Roseana Sarney, na revista Veja, no período de 2001 a 2002. Para tanto, recorremos ao conceito de espetacularização, bem como a conceitos operacionais da Escola Francesa de Análise de Discurso (AD), verificando, principalmente, a relação entre memória e atualidade, conforme apresentada em Michel Pêcheux (1983a). Os resultados mostraram que a espetacularização da imagem de Roseana Sarney, em Veja, ocorre de duas formas: i) comparando o sujeito político Roseana Sarney a um produto de consumo; e ii) relacionando o referido sujeito político à imagem do Maranhão, apresentado como um Estado fracassado, e também ao escândalo de corrupção da empresa Lunus, o que explicaria a derrocada da campanha à presidência da República da pré-candidata.

 


Palavras-chave


política; espetáculo; sujeito; discurso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.67814



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil