UMA REFLEXÃO BAKHTINIANA SOBRE A PALAVRA E SEUS SENTIDOS: SIGNO IDEOLÓGICO, SIGNIFICAÇÃO E TEMA EM PERSPECTIVA DIALÓGICA

Carolina Gonçalves da Silva

Resumo


Este artigo sugere que as noções de signo ideológico, de significação e de tema, tal como são compreendidas pelo Círculo de Bakhtin, Medviédev e Volochínov, sejam mobilizadas como categorias de entrada em corpora analisados numa perspectiva dialógica do discurso. Para isso, analisa o signo verbal “maconha” a partir de sua significação dicionarizada e de seus temas enunciados na imprensa brasileira, nas duas últimas décadas. Esta proposta de abordagem dialógica do signo parte da significação em busca de outros temas potenciais, resgatados por meio do cotejamento de textos, e tem como objetivo uma compreensão mais profunda da palavra e de suas contradições ideológicas constitutivas.

Palavras-chave


signo ideológico; significação e tema; Análise Dialógica do Discurso; Círculo de Bakhtin, Medviédev e Volochínov

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.67802



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil