SENTIDO PRÓPRIO E FIGURADO SEGUNDO AS PERSPECTIVAS ARISTOTÉLICA E SAUSSURIANA DE LINGUAGEM

Elisa Marchioro Stumpf, Lauro Gomes

Resumo


Este trabalho procura elucidar as noções de sentido próprio e figurado nas concepções de linguagem depreendedidas da filosofia aristotélica e da linguística saussuriana. Busca-se mostrar que a distinção tradicionalmente feita entre sentido próprio e figurado é desfeita no século XX pela linguística saussuriana, pelos conceitos de arbitrário, relação e valor linguístico. Para esclarecer as duas abordagens, resgatam-se a perspectiva da retórica clássica e os fundamentos históricos sobre sentido próprio efiguradoem Aristóteles e Dumarsais eapresentam-se as reflexões de Saussure sobre sentido, tanto no Curso de Linguística Geral quanto nos Escritos de Linguística Geral. Com isso, espera-se contribuir por meio de uma leitura propositiva da obra saussuriana, mostrando seu potencial para a elucidação da capacidade significante da língua.


Palavras-chave


sentido próprio; sentido figurado; retórica; Saussure.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.67772



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil