NECESSIDADES TERMINOLÓGICAS DOS INTÉRPRETES VS. AS DOS TRADUTORES: ANÁLISE DE TRÊS PRODUTOS TERMINOGRÁFICOS MULTILÍNGUES

Patrizia Cavallo

Resumo


O presente trabalho visa investigar, com base na literatura científica, as diferentes necessidades terminológicas de tradutores e intérpretes. Esses últimos deveriam realizar uma preparação terminológica acurada antes do evento em que irão interpretar, ao passo que os primeiros podem fazê-lo em etapas sucessivas ao recebimento do texto a traduzir. Após ter identificado as diferenças principais entre esses dois profissionais no que diz respeito à sua relação com a terminologia, o trabalho analisa, em um segundo momento, três produtos terminográficos multilíngues sobre meio ambiente. Em último lugar, com base na observação de sua macro- e microestrutura, esse estudo tenta avaliar se esses glossários poderiam se adaptar às necessidades terminológicas dos intérpretes.

Palavras-chave


Terminologia; Tradutores; Intérpretes; Glossários sobre meio ambiente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.67707



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil