PRESSUPOSTOS TEÓRICOS DA LINGUÍSTICA COGNITIVA E DA ANÁLISE COGNITIVA-SOCIAL DO DISCURSO: ALGUM ENCONTRO?

Suelen Martins

Resumo


RESUMO: A discussão sobre o que é a linguagem e o que é a cognição tem sido muito cara ultimamente, já que esses conceitos podem ser avaliados a partir de diferentes vieses epistemológicos. Assim refletimos sobre os postulados teóricos adotados sobre a linguagem e a cognição no bojo da Linguística Cognitiva e da Análise Cognitiva-Social do Discurso. O arcabouço teórico é composto por textos que tratam da noção de cognição e de cognição social. A partir da seguinte investigação, consideramos que, apesar de aparentemente essas bases epistemológicas serem divergentes, vê-se que a Linguística Cognitiva e a Análise do Discurso sob a perspectiva da Cognição social valorizam a análise de textos autênticos e a perspectiva da língua em uso.

 

 


Palavras-chave


cognição; cognição social; Linguística Cognitiva; Análise Cognitiva-Social do Discurso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.67316



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil