A DIMENSÃO ESPACIAL EM A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS: UMA PERSPECTIVA NARRATOLÓGICA

Débora Almeida de Oliveira

Resumo


O presente artigo objetiva analizar a dimensão espacial na obra A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak. Com base nas premissas narratologicas presentes nos estudos de Irene de Jong e Mieke Bal, este artigo discute o espaço do narrador, o espaço narrado e as funções do espaço no romance de Zusak. 


Palavras-chave


Narratologia; Espaço do narrador; Espaço narrado; Funções do Espaço.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.66958



Direitos autorais 2017 Cadernos do IL

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil