ALGUMAS QUESTÕES SOBRE AS DESCRIÇÕES DEMONSTRATIVAS DÊITICAS

Lovania Roehrig Teixeira, Sergio de Moura Menuzzi

Resumo


Este artigo apresenta duas das principais abordagens semântico-pragmáticas – Kaplan (1989a) e Wolter (2006) – para as descrições demonstrativas com usos dêiticos. A teoria de Kaplan, apesar de ter seus méritos, apresenta problemas para explicar os usos dêiticos em que as descrições demonstrativas não estão acompanhadas por demonstrações. Wolter (2006), por sua vez, dá conta desses usos com as noções de situação default e não-default no contexto da Semântica de Situações. No entanto, essas noções suscitam questões em alguns casos que apresentamos, entre eles, casos em que há dificuldades no estabelecimento das fronteiras entre os tipos de situações. Para algumas das questões levantadas, propomos soluções neste artigo; para outras, as respostas ficam para trabalhos futuros.

Algumas Questões sobre as descrições demonstrativas dêiticas

Palavras-chave


Demonstrativo; Semântica de Situações; Pragmática; restrição de domínio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.54526



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil