O TEXTO TEATRAL COMO GÊNERO DISCURSIVO: UMA POSSIBILIDADE DE USO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Eduardo Dias da Silva, Juscelino Francisco do Nascimento

Resumo


Neste artigo de metapesquisa de modalidade documental, tem-se a linguagem/língua como um processo de interação entre sujeitos sócio-historicamente situados, ou seja, que desempenham um papel primordialmente sociodiscursivo. Evidentemente, a produção de sentidos compreende vários elementos que vão além dos verbais, como olhar, gestos, movimentos faciais e entonação. Por pressuposto, assumimos que as formas-padrão intrinsecamente relacionadas à vida sociocultural denominam-se gêneros discursivos, sem os quais não há comunicação. Considera-se o texto teatral como pertencente ao gênero teatral, que comporta o escrito e o dito, e é uma modalidade de uso da língua – fala. Espera-se encorajar o desenvolvimento de outras metapesquisas que considerem o texto teatral como possibilidade em língua estrangeira, buscando formas de fazer com que a teoria alcance a prática.

Palavras-chave


Gênero discursivo; Texto teatral; Ensino-aprendizagem de língua estrangeira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.52388



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil