O ACENTO OSCILANTE EM PORTUGUÊS BRASILEIRO E EUROPEU

Autores

  • Aline de Lima Benevides Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.22456/2236-6385.49920

Palavras-chave:

acento flutuante, silabada, fonologia, português

Resumo

Esta pesquisa apresenta uma análise linguística para o acento oscilante em palavras produzidas por alguns falantes nativos do português brasileiro e europeu. Para isso, diversos fatores foram investigados a partir das principais teorias sobre o acento primário. Na ausência de mecanismos explicativos para o fenômeno em estudo, buscou-se nos Modelos baseados no Uso (BYBEE, 2001; 2010) e na recente proposta para o acento primário de Cantoni (2013) bases teóricas para analisar o corpus de estudo. A partir disso, concluiu-se que diversos mecanismos influenciam o acento, tais como a frequência de uso, extensão analógica, origem etimológica, julgamentos perceptuais, sendo essa multiplicidade preponderante para o modelo adotado. Ainda, postula-se que o fenômeno consiste em variação linguística que está em curso na língua.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline de Lima Benevides, Universidade de São Paulo

Possui Bacharelado em Letras (Português/ Linguística) pela Universidade de São Paulo, é mestranda em Linguística pelo Departamento de Linguística da USP.

Downloads

Publicado

2016-01-14

Como Citar

BENEVIDES, A. de L. O ACENTO OSCILANTE EM PORTUGUÊS BRASILEIRO E EUROPEU. Cadernos do IL, [S. l.], n. 50, p. 028–047, 2016. DOI: 10.22456/2236-6385.49920. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/cadernosdoil/article/view/49920. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos de estudos literários