"ICH NAHM MEINE EINSAMKEIT UND KAM HER". IMIGRAÇÃO E SOLIDÃO NO POEMA "PESSIMISMUS, VORÜBERGEHEND" DE ARAS ÖREN

Dionei Mathias

Resumo


RESUMO: O presente artigo tem como objetivo analisar o poema "Pessimismus, vorübergehend" ('Pessimismo, passageiro'), parte da coletânea intitulada Privatexil ('Exílio privado'), escrito pelo autor Aras Ören e publicado em 1977 pela editora Rotbuch, em Berlim. Nesta tentativa de interpretação do texto poético, a aproximação ao texto se dá com o objetivo de compreender a experiência da imigração e a crise que se configura a partir a interrupção de signos. Nisso, o próprio texto poético é compreendido como caminho para a obtenção de conhecimento por parte da voz lírica sobre si mesma e o mundo que a circunda.


Palavras-chave


Aras Ören; Privatexil; 'Pessimismus, vorürbergehend'.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.48611



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil