ATIVIDADES LINGUÍSTICAS, EPILINGUÍSTICAS E METALINGUÍSTICAS NO DOCUMENTO OFICIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL EDUCAÇÃO PARA CRESCER – PROJETO MELHORIA DA QUALIDADE DE ENSINO

Silvana Schwab Nascimento

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar uma análise das atividades de ensino de Português no documento oficial do Rio Grande do Sul “Educação Para Crescer – Projeto Melhoria da Qualidade de Ensino – Português – 1º e 2º Graus” (1991-1995 ), embasado nos conceitos de atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas de Franchi (1988). Essas atividades aparecem como uma metodologia de ensino de Português e vão ao encontro de um discurso de renovação do ensino de língua bastante comum nas décadas de 1980 e 1990. Constatamos que as atividades linguísticas e epilinguísticas estão presentes como uma indicação de renovação desse ensino. As atividades metalinguísticas são recorrentes e sinalizam que o ensino Português da década de 1990 muito se ocupava com o ensino da metalinguagem.


Palavras-chave


documentos oficiais; atividades linguísticas, epilinguísticas e metalinguísticas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.40937



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil