HUMOR, ALEGRIA E FORMA EM TUTAMEIA: TERCEIRAS ESTÓRIAS DE GUIMARÃES ROSA

Giselle Madureira Bueno

Resumo


O artigo aborda a temática do humor e da alegria em “Tutameia: terceiras estórias” em estreita conexão com o arranjo formal da obra. Matizados pelas sombras da angústia, da dormência e do trágico, ali, ambos os conceitos, alegria e humor, tendem a ser distanciados da compreensão do senso comum, despontando de uma hermenêutica inteiramente atravessada pela consciência do absurdo. Essa visão de mundo intransparente, ambígua, ao mesmo tempo melancólica e venturosa, não está na base apenas da criação da afetividade dos personagens e da atmosfera narrativa, mas, igualmente, da organização formal de toda a obra, fazendo-se notar em sua estrutura lacunosa e em seu ritmo subjetivo, estranho e desconjuntado.

Palavras-chave


Guimarães Rosa; Tutameia: terceiras estórias; Alegria; Humor.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.36113



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil