A AULA DE PORTUGUÊS COMO UM ESPAÇO DE INVESTIGAÇÃO SOBRE A INTERAÇÃO ESCRITA ENTRE PROFESSORA E ALUNOS

Fernanda Taís Brignol Guimarães, Clara Zeni Camargo Dornelles

Resumo


RESUMO: Este trabalho trata da interação escrita estabelecida entre professora e alunos, mediada pelo bilhete orientador do professor em um contexto de ensino/aprendizagem de língua materna. A partir do estudo dos gêneros discursivos, tendo como gênero centralizador do processo, o artigo de opinião, lançou-se um olhar investigativo sobre o processo de escrita e reescrita dos textos dos alunos e as possíveis mudanças provocadas na reconstrução do texto, a partir da avaliação feita através do bilhete orientador do professor. Para tanto, buscamos nos apoiar em estudos realizados sob a ótica da Linguística Aplicada (LA), lançando mão, mais precisamente, da pesquisa qualitativa interpretativista e de uma metodologia embasada na pesquisa-ação. 


Palavras-chave


PALAVRAS-CHAVE: interação escrita; ensino-aprendizagem; projetos de letramento; prática pedagógica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.35986



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil