OS DIÁRIOS DIALOGADOS: AS VOZES DOS ESTUDANTES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA

Eliete Correia dos Santos, Maria de Fátima Almeida

Resumo


RESUMO: O objetivo desse trabalho é analisar, nos diários dialogados, a voz dos alunos quanto à prática pedagógica do ensino de língua vernácula.  Trata-se de uma pesquisa-ação realizada com duas turmas de alunos matriculados no 1º período do curso de Arquivologia da UEPB cujos diários foram elaborados a partir das aulas de Oficina de Texto. O corpus é formado por sessenta diários. Revisa o conceito da transposição didática e de recontextualização; as condições de produção do texto são baseadas no Interacionismo Sociodiscursivo (ISD).  Concluímos que os diários dialogados possibilita o sujeito emergir como alguém que é (re)instituído através das várias práticas discursivas das quais participa e  busca expressar reações e emoções, que emite avaliar diversos textos, relacionando o que é dito a alguma experiência pessoal.


Palavras-chave


Diário dialogado; Transposição Didática; Processo ensino-aprendizagem; Interacionismo Sociodiscursivo; Vozes

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.35947



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil