O ENSINO E APRENDIZAGEM DA CORREÇÃO E DA RESCRITA DE TEXTOS

Marinalva Vieira Barbosa, Juliana Bertucci Barbosa, Karla Cristiane Pintar

Resumo


Neste artigo, o objetivo é discutir a relação constitutiva que existe entre escrita e reescrita, avaliação de texto e reescrita. Para tanto, analisaremos produções textuais de alunos de primeiro período de cursos de licenciaturas em diferentes áreas e também o trabalho de correção realizado por alunos de Letras, futuros professores de língua portuguesa. Por um lado, as análises desenvolvidas permitem concluir que um dos nós da produção de texto eficiente está na dificuldade que o professor de língua portuguesa tem para intervir no texto do aluno. Por outro lado, o produtor oferece textos lacunosos e vagos, reveladores de que não há compreensão, no momento da escrita, de que, para a organização dos recursos linguísticos discursivos, não se pode prescindir do trabalho de reescrita.


Palavras-chave


linguagem; escrita; reescrita; avaliação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.35920



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil