GÊNEROS DISCURSIVOS E AUTENTICIDADE TEXTUAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: UMA ANÁLISE DE LIVROS DIDÁTICOS

Gislaine Machado Jerônimo, Letícia da Silva Barboza, Kelli da Rosa Ribeiro

Resumo


Escolher um material didático adequado às reais necessidades dos educandos é um dos temas mais importantes e, ao mesmo tempo, um dos maiores desafios para os professores de Língua Estrangeira (LE). No que tange ao ensino da habilidade de leitura, destacamos dois aspectos: a autenticidade dos textos e a diversidade de gêneros discursivos. Para tanto, elegemos quatro coleções de livros didáticos, editados a partir do ano de 2004; duas delas compreendem coleções de livros produzidos no Brasil; enquanto que outras duas contemplam um material elaborado em países que têm o Inglês como língua materna. A ênfase da análise se dá nas unidades dos livros que apresentam os seguintes tempos verbais: presente, passado e futuro. A abordagem utilizada aqui é a dialógica bakhtiniana, a qual consiste em observar os enunciados na materialidade de um gênero discursivo. Com esse trabalho, pretendemos promover uma discussão sobre os tópicos abordados, bem como fornecer subsídios para o ensino/aprendizagem de LE.


Palavras-chave


Ensino de Língua Estrangeira; Gênero Discursivo; Autenticidade Textual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.35165



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil