“TU SABE QUE BICHO É ESSE, FILHA?” O PAPEL INTERACIONAL DOS PARTICIPANTES NA CO-CONSTRUÇÃO DE UMA NARRATIVA INFANTIL

Fernanda Knecht

Resumo


Este trabalho analisa o que acontece durante a co-construção de uma história entre mãe e filho(a) quando a mãe se depara com situações de estranhamento durante a narrativa (como não conseguir identificar um personagem). Observa-se se a criança, nessas situações, ganha espaço para co-narrar a história e ajudar a mãe a resolver o problema. As díades são de duas cidades, com crianças de 3 e 5 anos. Resultados evidenciam que as mães veem os filhos como interlocutores da história, e não apenas como ouvintes que não contribuem para seu direcionamento. É possível relacionar práticas que as mães adotam com os filhos em casa com práticas adotadas por professores na escola, no que se refere à ratificação da fala das crianças.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.29113



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil