AS SEIS MULHERES DE A EDUCAÇÃO PELA PEDRA

Letícia Batista da Silva

Resumo


Este artigo trata da caracterização feminina encontrada nos poemas do livro A educação pela pedra, de João Cabral de Melo Neto. Procura-se verificar de que modo a mulher é vista e descrita, tomando por base o texto do crítico Antônio Carlos Secchin, João Cabral: a poesia do menos e outros ensaios cabralinos. A hipótese inicial é a de que a figura feminina aparece comparada a algo concreto, mas nunca abordada como um objeto estético palpável. Em contrapartida, o vocabulário utilizado pelo poeta para descrever “a cidade” é permeado de substantivos e adjetivos do universo feminino, em um movimento de humanização do espaço urbano.

Palavras-chave


João Cabral de Melo Neto; A educação pela pedra; caracterização da mulher

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.28259



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil