A DISCURSIVIZAÇÃO DA "MÚSICA BREGA" EM PARALELO COM O CONCEITO DE KITSCH

Lucas Martins Gama Khalil

Resumo


O trabalho ora apresentado pretende discutir as relações discursivas que podem ser estabelecidas entre a dispersão do conceito de “brega”, quando utilizado no âmbito da música popular, e a formulação do conceito de kitsch, desenvolvida por Abraham Moles em seu livro intitulado “O kitsch”, obra recorrentemente trazida à tona nas áreas de Comunicação, Artes, Literatura e Sociologia. Tal abordagem será realizada a partir da perspectiva teórica da Análise do Discurso francesa, mobilizando-se, sobretudo, o conceito de enunciado/ função enunciativa para Michel Foucault, que permite a análise das regularidades enunciativas referentes ao emprego dos dois termos conceituais – “brega” e “kitsch” no interior de dadas formações discursivas.


Palavras-chave


Enunciado; Discurso; Brega; Kitsch

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.27755



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil