A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Carolina Leal de Lacerda Pires

Resumo


Na Educação a Distância (EaD), o material didático é elemento indispensável no processo de ensino-aprendizagem mediado pela tecnologia. Disponibilizado em distintas mídias, sua elaboração exige uma equipe interdisciplinar composta tanto por “professores conteudistas” quanto por revisores linguísticos, programadores, designers etc. Assim, partindo da experiência vivenciada como designer gráfico na Licenciatura em Letras/Língua Portuguesa a distância da UFPE, venho aqui pensar a elaboração de distintos “formatos” dos materiais didáticos deste curso, produzidos a partir dos textos originais dos professores conteudistas, como sendo uma atividade de retextualização (MARCUSCHI, 2000; MATENCIO, 2003) que teria como cerne intervenções quanto à inclusão, exclusão e/ou modificação de recursos semióticos não-verbais (VAN LEEUWEN, 2005; KRESS, 2010).

Palavras-chave


Material Didático; Educação a Distância; Retextualização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.27478



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil