A VARIAÇÃO NO SISTEMA SAUSSUREANO DA LÍNGUA

Andréa Burgos de Oliveira Mangabeira

Resumo


Este trabalho visa a discutir dois fenômenos linguísticos presentes na obra de Ferdinand Saussure – formações analógicas e flutuações –, tendo como objetivo principal defender a ideia de que, ainda que a palavra ‘variação’ não apareça na obra do autor, é possível inferir pela reflexão acerca dos fenômenos acima citado, que a variação como um processo de mudança e alternância está presente no sistema da língua de Saussure, não sendo um processo concernente apenas ao domínio da fala, como afirmam alguns autores. Para esta argumentação, serão consideradas as discussões presentes no Curso de Linguística Geral, e nos Escritos de Linguística Geral.


Palavras-chave


variação – formações analógicas – flutuações

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.26028



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil