EM BUSCA DO ESPAÇO PERDIDO: A NOÇÃO DE ESPAÇO NA TEORIA DA ENUNCIAÇÃO DE BENVENISTE

Gabriela Barboza

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir questões referentes ao estudo da noção de espaço na obra de Émile Benveniste. Para tanto, utilizo como corpus alguns textos do autor em que procuro relacionar as noções de dêixis, indicador de subjetividade, espaço, enunciação. Com base nessas relações, busco formular hipóteses sobre a presença/ausência do espaço nos textos e sobre o que se fundamenta tal noção. Assim, considero que a noção de espaço figure tão pouco na obra de Benveniste em função de sua relação com a realidade do mundo dos objetos, que não interessa à teoria da enunciação benvenstiana.


Palavras-chave


Benveniste – enunciação – espaço

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.26019



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil