LITERATURA PARA TRANSGREDIR O SENSO COMUM

Tiago Martins de Morais

Resumo


Este trabalho defende que a literatura modifica nossa relação com a realidade e que a leitura de obras literárias nos faz superar visões de senso comum, nos faz desconstruir e questionar as formas convencionais de pensar sobre nós mesmos, sobre as relações que travamos e sobre a sociedade que nos cerca. Para tanto, se discute a noção de senso-comum – de acordo com Bachelard – e se pensa como o texto literário pode fazer o sujeito ver além de suas primeiras impressões. Com Lukács, sustenta-se o poder que a literatura tem de enriquecer a nossa perspectiva sobre o mundo sensível


Palavras-chave


literatura; transgressão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.25958



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil