O DISTANCIAMENTO ENTRE MATÉRIA NARRADA E POSIÇÃO DO NARRADOR NOS CONTOS DE BELAZARTE

Gabriela Mattos Cardoso

Resumo


Neste artigo, mostramos o descompasso entre o narrador d’Os contos de Belazarte, de Mário de Andrade, publicado em 1934, e o que ele narra. Para isso, trabalhamos com a origem do narrador (nas histórias de Pedro Malasartes), com os problemas do conjunto e com a história de São Paulo intrincada na narrativa.  Nosso objetivo foi analisar os diversos traços de determinados contos que mostram a diferença entre a posição do narrador e as marcas textuais (como as falas das personagens, por exemplo).

Palavras-chave


Contos de Belazarte; Mário de Andrade; narrador

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.25317



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil