CORDEL DO FOGO ENCANTADO: O RESGATE DA TRADIÇÃO NA PÓS-MODERNIDADE

Lívia Petry Jahn

Resumo


Este ensaio tem por objetivo mostrar ao leitor os expedientes pós-modernos utilizados para revigorar a tradição do cordel, abordando a pós-modernidade a partir de uma perspectiva interdisciplinar que abarque música e literatura, mostrando com ambas andam juntas dentro do contexto cultural brasileiro, e como são capazes de revigorar uma à outra. Utilizou-se para tanto, as teorias advindas dos estudos de Ariano Suassuna (1974), Walter Ong  (1998), Paul Zumthor (2000), e Ana Paula Campos Lima (2005). Através de conceitos como hibridismo, palimpsesto e bricolagem, procuramos explicar o caráter contemporâneo da poesia de cordel e da música nordestina feitas em nossos dias.

Palavras-chave


Pós-modernidade; Literatura de Cordel; Popular

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.25309



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil