LEGITIMAÇÃO DE CRIMINOSOS EM O MATADOR, DE PATRÍCIA MELO: VERDADES SOBRE PUREZA E CRIME

Glaucia Mirian Silva Vaz

Resumo


O objetivo deste estudo é investigar a legitimação de criminosos no romance O matador, da escritora contemporânea Patrícia Melo, cuja personagem principal, Máiquel, é um matador profissional elevado a herói e justiceiro. Partimos da perspectiva sociológica de Zygmun Bauman (2008) no que se refere à noção de ordem social. Além disso, buscamos respaldo nos estudos sobre produção e circulação de verdades de Michel Foucault (2006). Procuraremos analisar excertos sobre as principais vítimas de Máiquel, as quais são classificadas como criminosos. Acreditamos que tal classificação está imbricada a determinados lugares dentro da ordem social configurada nas tramas do romance.


Palavras-chave


Criminalidade, Literatura Contemporânea, patrícia melo

Texto completo:

Sem título () PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.25200



Direitos autorais

 

Indexadores: 

   Resultado de imagem para diadorimImagem relacionada   Resultado de imagem para redib

Imagem relacionadaResultado de imagem para capes web qualisResultado de imagem para google acadêmico

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil