A PALATALIZAÇÃO VARIÁVEL DE /T, D/ EM CAXIAS DO SUL

Gabriel Duso Matté

Resumo


Para testar a hipótese de que Caxias do Sul (RS) difundiria a palatalização de /t, d/ a municípios vizinhos, realizou-se análise de regra variável desse processo. De 16 entrevistas sociolinguísticas do BDSer, foram retirados 9.006 contextos, cuja análise revelou uma proporção de 35% de palatalização. Como essa taxa é próxima à de Antônio Prado para o processo, a hipótese inicial não se confirma. A maior diferença entre as duas cidades está no fator 18-29 anos da variável Idade: 72% em Caxias do Sul, 42% em Antônio Prado. Os jovens de Caxias do Sul talvez usem a regra temporariamente e mais tarde voltem a falar como os mais velhos, com o que se mantém a palatalização moderada.


Palavras-chave


Variação Linguística – Palatalização – Gradação Etária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2236-6385.24982



Direitos autorais

 

Indexadores: 

      

 

 

 

E-ISSN 2236-6385 (versão eletrônica)

 

Contato: cadernosdoil@ufrgs.br

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-Graduação em Letras

Av. Bento Gonçalves, 9500 - Campus do Vale

CEP 91501-970

Porto Alegre/RS, Brasil