Thomas Paine - A crise americana

Tradução de Deborah Oliveira Müller

Resumo


A primeira crise. (Estes são tempos que testam as almas dos homens)

Estes são tempos que testam as almas dos homens. O soldado inconstante e o patriota de ocasião2 irão, nesta crise, desertar o serviço de seu país; mas aquele que suporta isso agora, merece o amor e a gratidão de homes e de mulheres. A tirania, como o Inferno, não é conquistada facilmente; e contudo nós temos esse consolo: quanto mais difícil é o confl ito, mais glorioso é o triunfo. Àquilo que obtemos barato demais, não damos a devida estima: apenas a preciosidade dá valor às coisas. Só Deus sabe como colocar um preço apropriado em seus bens; e seria estranho, de fato, se um artigo tão celestial como a LIBERDADE não tivesse um alto preço. A Grã-Bretanha, com um exército para impor sua tirania, declarou que tem o direito (não apenas à cobrança de IMPOSTOS), mas de nos “IMPOR RESTRIÇÕES em TODOS E QUAISQUER CASOS”, e, se estar restrito dessa forma não é escravidão, então não existe isso de escravidão sobre a terra. Até a expressão é ímpia, de um poder tão ilimitado que somente a Deus poderia pertencer.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Cadernos de Tradução