[Trans]missão & cura[tivo] em tempos de COVID-19: Contribuição para uma História Imediata da Tradução no Brasil

Dennys Silva-Reis

Resumo


O artigo em questão tem dois objetivos principais: trazer à baila um novo campo da História da Tradução – a História Imediata da Tradução – e registrar a História Imediata da Tradução no Brasil em tempos de pandemia da covid-19. Para tanto, inicialmente, apresenta-se uma breve revisão sobre o conceito e as características da História Imediata; em seguida, expõe-se brevemente a metodologia de coleta de fontes para o presente texto; por fim, registra-se parte da historiografia da História Imediata da Tradução no Brasil com o recorte temporal de março a agosto de 2020. O registro histórico se dá em quatro partes: os grupos coletivos de tradução na universidade e institutos de pesquisa; os agentes de tradução mais afetados; as questões de direitos linguísticos e acessibilidade; e os novos hábitos tradutórios de consumo e circulação de traduções. Espera-se, além de registrar a História Imediata da Tradução brasileira, motivar novos pesquisadores e novas investigações na área. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Cadernos de Tradução