Tradução em período de pandemia: distanciamento de crianças surdas na escola e a literatura como linguagem viva

Neiva de Aquino Albres, Michelle Duarte da Silva Schlemper

Resumo


Nosso objetivo com este artigo é evidenciar como uma proposta de tradução em tempos de pandemia que utiliza tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) pode contribuir para a necessidade social de uma minoria linguística por meio de textos verbovocovisuais, produzidos na esfera literária e digital. Baseadas em conceitos elaborados por Bakhtin e o Círculo, pretendemos também, por meio da análise dialógica do discurso, analisar um conjunto de vídeos multimodais, de forma a indicar critérios que favoreçam a compreensão das atitudes responsivas dos tradutores envolvidos. As discussões compiladas neste artigo indicam que os sujeitos tradutores acabam por contribuir com as atividades de leitura e produção textual, além de estimular a comunicação de crianças surdas em distanciamento social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Cadernos de Tradução