A LITERATURA BRASILEIRA SEM FRONTEIRAS

Kenneth David Jackson

Resumo


Resumo: Confrontam-se as várias soluções teóricas para a dicotomia literatura brasileira/ literatura estrangeira: as que fazem desaparecer o segundo termo; e as que escondem o primeiro. E refere-se o meio termo: os escritores que conjugam brasilidade e outras cul turas, além dos “novos bárbaros” que incorporam os elementos internacionais por deglutição. Sugere -se, para a
internacionalização da literatura brasileira, a colaboração com os BRICS e tradução para grandes línguas mundiais e o aponta-se o grande potencial de circulação através dos falantes de língua portuguesa desses países asiáticos e africanos.
Palavras -chave: Literatura brasileira; internacionalização; literaturas estrangeiras; BRICS.


Abstract: The many theoretical solutions to the dichotomy Brazilian literature/ foreign literature are here compared: the ones that make the second term disappear; and the ones that hide the first one. And a middle term is considered: writers that combine Brazilian content with that of other
cultures, as well as the “new barbarians” who incorporate international elements by "cannibal" devouring. To internationalize Brazilian literature the essay proposes collaboration with the BRICS, translation into major world languages and notes the large potential of circulation by means of the Portuguese-speaking peoples of Asian and African countries.
Keywords : Brazilian literature; internationalization; foreign literatures; BRICS.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.