DUAS RECENSÕES DO AMOR E UMA DECLARAÇÃO DE FRACASSO

Benhur Bortolotto

Resumo


RESUMO: Este ensaio oferece duas análises sucintas sobre a obra de Sérgio Sant’Anna. Uma, mais específica, trata de um recurso literário que se repete em dois contos autobiográficos de seu último livro, Anjo Noturno, em que a reflexão sobre a escrita e a atividade artística se confunde com reflexões sobre a vida. A outra, uma apresentação, expandindo as reflexões de Sant’Anna, de aspectos mais gerais de sua forma de produzir e encarar a literatura e, a partir dos quais, procura-se oferecer uma hipótese para o alcance restrito de um dos mais brilhantes escritores contemporâneos do Brasil.

PALAVRAS-CHAVE: Sérgio Sant’Anna; Anjo Noturno; Contos; Autoficção

 

ABSTRACT: This essay offers two short analisys on Sergio Sant‘Anna’s work. The first one, more specific, is about a literary resource repeated in two autobiographic tales of his last published book, Anjo Noturno, in which considerations about writing and artistic production merge with a consideration about life. Expanding Sant’Anna’s reflection, in the second analysis it is offered more general thoughts about his work, using them to construct a hypothesis that could cover the lack of public appreciation of one of the most brilliant Brazilian contemporary writers.

KEYWORDS: Sérgio Sant’Anna; Anjo Noturno; Short story; Autofiction

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.