A LITERATURA ORAL A PARTIR DO SISTEMA LITERÁRIO DE CANDIDO: UMA LEITURA DO REGIONALISMO NO SERTÃO

Daniel Castello Branco Ciarlini

Resumo


RESUMO: Discute-se aqui o sistema literário proposto por Antonio Candido. A ideia é ampliar o entendimento do esquema teórico em aplicação à literatura oral, em especial aquela manifestada no nordeste brasileiro e, mais especificamente, no sertão. A partir disso, busca-se compreender como se forma a teia de sentidos do regionalismo nesse espaço, materializado, sobretudo, em fabulações e registros colhidos da cultura oral (refletida no folclore) e reunidos nos mais diferentes suportes e gêneros literários. O percurso metodológico evidencia a importância da oralidade em debate com a cultura grafocêntrica. A fundamentação histórica tem como recorte o século XIX e parte do século XX. A hipótese defendida é que uma abertura para esse ponto de vista nos estudos literários brasileiros favoreça outras leituras da história da literatura no Brasil, país que, ao enfrentar até metade dos novecentos índices elevados de analfabetismo, conservou na memória coletiva as bases de uma complexa identidade e uma rica manifestação cultural.

PALAVRAS-CHAVE: Sistema literário; Literatura oral; Regionalismo no sertão.

 

ABSTRACT: We discuss here the literary system proposed by Antonio Candido. The idea is to broaden the understanding of the theoretical scheme in application to oral literature, especially that manifested in northeastern Brazil and, more specifically, in the hinterland. From this, we seek to understand how the web of regionalism meanings is formed in this space, materialized, mainly, in fabulations and records collected from oral culture (reflected in folklore) and gathered in the most different supports and literary genres. The methodological path highlights the importance of orality in debate with the graphocentric culture. The historical documentation found goes from the nineteenth century to part of the twentieth. The hypothesis defended is that an opening to this point of view in Brazilian literary studies favors other readings of the history of literature in Brazil, a country that, when facing up to half of the 900s high illiteracy rates, retained in the collective memory the bases of a complex identity and a rich cultural manifestation.

KEYWORDS: Literary system; Oral literature; Regionalism in the hinterland.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.