CRISE AMBIENTAL E DESENVOLVIMENTO URBANO NA CIDADE DE CRATO – CEARÁ: CONSIDERAÇÕES NA PERSPECTIVA DA SUSTENTABILIDADE

João César Abreu de Oliveira, Verônica Salgueiro do Nascimento, Suely Salgueiro Chacon, Diego Coelho do Nascimento, Bruno Ferreira Soares, João César Abreu de Oliveira Filho

Resumo


O presente artigo tem por finalidade analisar a questão urbana/ambiental na cidade do Crato – CE. A metodologia utilizada se constitui em procedimentos qualitativos de investigação pautados na pesquisa bibliográfica e análise documental, além da observação e percepção da cidade. A investigação justifica-se na perspectiva de compreender a cidade, enfocando as ações e os impactos ambientais em virtude das políticas públicas adotadas e o seu desenvolvimento urbano nos últimos anos. Buscou-se entender essa cidade como um processo de produção e reprodução das relações sociais, no sentido de percebê-la como produto das contradições do modelo de desenvolvimento do capital. Essa cidade não compreende a relação sociedade/natureza como algo indissociável, ao contrário, acirra as contradições da mesma, percebendo a natureza como um bem a ser explorado infinitamente. Os resultados demonstram que a cidade do Crato não se destina a satisfazer as necessidades primordiais da população, ainda que estejam surgindo novas formas de repensá-la, a partir de práticas comunitárias e individuais.


Palavras-chave


Meio Ambiente; Desenvolvimento Sustentável; Qualidade de Vida; Sociedade; Natureza;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br