ANÁLISE DOS RESULTADOS DO PROGRAMA DE MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS (FASE I) NA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO RURAL NA REGIÃO DE JALES-SP

Evandro César Clemente

Resumo


O objetivo foi analisar a atuação do Programa de Microbacias I no contexto do desenvolvimento rural da região de Jales, que apresenta espaço agrário singular, como: estrutura fundiária desconcentrada, predomínio do trabalho familiar e da policultura. O programa de microbacias I teve como objetivo implementar o desenvolvimento rural sustentável em todo o estado de São Paulo, com ações visando combater simultaneamente a degradação ambiental e a pobreza rural. O Programa de Microbacias, em sua fase I, trouxe significativos avanços onde foi implementado, pois criou infraestrutura rural e beneficiou diretamente os proprietários rurais. Apesar dos avanços do programa, este enfrentou alguns problemas, como: o caráter restrito, pontual e gradualista, a ausência de articulação entre as ações, supervalorização das medidas técnico-agronômicas em detrimento das socioeconômicas, falta de políticas públicas paralelas, resistência e falta de consciência ambiental dos proprietários rurais e a formação técnico-produtivista dos extensionistas.

Por ter um espaço agrário com o predomínio de pequenas propriedades rurais, na Região de Jales entende-se que o programa deveria ter tido continuidade, devendo ser aprimorado e expandido sua área de atuação para dar suporte técnico ambiental e socioeconômico aos agricultores familiares.


Palavras-chave


Desenvolvimento Rural. Programa de Microbacias Hidrográficas. Sustentabilidade. Políticas Públicas. Meio Ambiente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br