Percepção sobre mudanças na paisagem de moradores rurais em área suscetível à desertificação no Semiárido Potiguar

Autores

  • Jane Azevedo de ARAÚJO Universidade Federal do Rio Grande do Norte Aluna do Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente
  • Raquel Franco de SOUZA Universidade Federal do Rio Grande do Norte CCET - Departamento de Geologia
  • Neusiene Medeiros da SILVA Universidade Federal do Rio Grande do Norte Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Palavras-chave:

Paisagem, Desertificação, Percepção, Parelhas, Seridó, Comunidades, Vegetação.

Resumo

Os processos naturais e a ação humana adicionam constantemente novos elementos que constituem a paisagem e ao mesmo tempo a transformam. No semiárido norte-rio-grandense há uma relação intensa entre o homem e a natureza ocasionando modificações na paisagem local. O objetivo da pesquisa foi avaliar a percepção sobre mudanças na paisagem de moradores rurais em três comunidades localizadas em área susceptível a desertificação no município de Parelhas/RN. Utilizou-se para a análise dos dados qualitativos o teste Qui-quadrado, o teste exato de Fisher e a análise de correspondência. Constatou-se que a maioria dos entrevistados perceberam mudanças na paisagem, sendo a idade e a escolaridade variáveis importantes para essa percepção. O tempo de residência nas comunidades, por sua vez não influenciou. As comunidades percebem de forma diferenciada mudanças na vegetação, e de maneira similar as alterações no solo e pastagens. A avaliação feita mostrou que os moradores das comunidades percebem as mudanças de modo particular independente de residirem há mais de 20 anos no mesmo lugar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-02-07

Edição

Seção

Artigos