Bares e Restaurantes Alemães e as Manchas de Lazer em Porto Alegre/RS

Carmen Janete REKOVVSKY

Resumo


O presente texto analisa a localização pretérita e presente dos bares e restaurantes alemães de Porto Alegre. A análise é um subsídio para compreender tanto a trajetória espaço-temporal dos imigrantes alemães e seus descentes, quanto a importância da cozinha germânica na reprodução das sociabilidades urbanas. Para constituir a documentação da pesquisa foram realizadas 28 entrevistas semiestruturadas e aplicados 50 questionários, além de consultarmos jornais, revistas e páginas de internet. No período considerado, entre o final do século XIX e o presente, os restaurantes alemães abdicaram do Centro em favor de bairros que configuram, pela concentração de estabelecimentos destinados ao consumo hedonista, manchas de lazer. O deslocamento está em consonância com a rejeição do Centro como espaço de moradia pelas elites e uma degradação progressiva da zona. Os deslocamentos espaciais e temporais dos restaurantes, de seus proprietários e clientes ilustra a progressiva integração da comunidade teuta, assim como as mudanças nos usos do espaço urbano de Porto Alegre.


Palavras-chave


Porto Alegre, Geografia urbana, manchas de lazer.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br