Classificação Digital pelo Algorítmo da Máxima Verossimilhança de Duas Unidades de Paisagem da Bacia Hidrográfica do Rio Pitangui/PR

Carla Eva PRICHOA, Selma Regina Aranha RIBEIRO, Pedro Molina HOLGADO

Resumo


Cada paisagem apresenta sua singularidade estrutural e funcional, principalmente quando está inserida em espaços cujas dinâmicas de usos apresentam diferenças significativas. Ao interpretar uma paisagem deve-se compreender que ela é resultante da relação múltipla entre sociedade e natureza, nas quais ambas são consideradas um conjunto de elementos que interagem entre si. Neste sentido, técnicas de Sensoriamento Remoto colaboram para compreensão do uso e ocupação do solo atual que pode ser indicativo desta interação dos elementos da paisagem. Esta pesquisa foi desenvolvida utilizando classificação supervisionada MAXVER, voltada para o reconhecimento de padrões de uso e ocupação de duas unidades de paisagem pertencentes à bacia hidrográfica do rio Pitangui, a qual abrange os municípios de Castro, Carambeí e Ponta Grossa, localizados a centro-leste do Estado do Paraná. O estudo envolveu a utilização de cenas de imagem orbital do Sensor Landsat 5 TM, as quais forneceram visão global, particular das unidades e os valores de refletância dos alvos nelas contidos. Constatou-se mediante a MAXVER que ambas as unidades de paisagem possuem classes de uso e ocupação distintas comprovando-se mediante análise em campo. Os usos foram classificados como: agricultura, solo exposto, floresta, corpos d'água, área urbana e sombra. Nota-se que a primeira unidade de paisagem apresenta usos intensos pela agricultura, porém, em glebas menores. A segunda unidade de paisagem caracteriza-se por usos mais intensos tanto pela agricultura em glebas maiores como por infraestrutura urbana. Tais características possuem influência do relevo local, sendo as cotas altimétricas e de declividade das unidades representadas pelo Modelo Digital do Terreno e Gradiente de Encosta.


Palavras-chave


Paisagem. Classificação Supervisionada MAXVER. Sistemas de Informação Geográfica-SIG. Sensoriamento Remoto-SR

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O BGG é uma publicação da Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Porto Alegre

Endereço / Address:Rua Uruguai nº 35 sala 426, Centro

CEP: 90010-140 

Porto Alegre - RS - Brasil

Telefone / Phone: 55 51 3019-8190 

Contato/mail to: boletimgauchodegeografia@ufrgs.br